Uncategorized

Pesquisa americana mostra que viajantes corporativos demandam acesso à internet wi-fi a bordo dos aviões

Delta Airlines - wi-fi a bordo

Um estudo divulgado esta semana nos Estados Unidos revelou que o acesso wi-fi à internet a bordo dos aviões está se tornando rapidamente um dos ítens mais valorizados por passageiros em viagens de negócios, que dão mais valor a esse serviço do que alimentação a bordo, filmes grátis e outros confortos a que já estamos acostumados. Um total de 94% dos passageiros corporativos entrevistados demonstrou que estar conectados é crucial para eles, declarando que o acesso à internet banda larga a bordo é a melhor coisa que as empresas aéreas fizeram nos último três anos.

Conduzido pela empresa de pesquisas Wakefield Research para a entidade Wi-Fi Alliance, o estudo mostra que executivos em viagens corporativas e outros passageiros frequentes se mostram dispostos a fazer sacrifícios significativos ou alterar seus planos de viagem para garantir o acesso à internet enquanto voam: 76% declararam que escolhem uma empresa aérea em função de disponibilidade de acesso à internet a bordo, 55% alterariam suas datas de viagem para garantir o acesso à internet durante o voo e 71% optariam por um voo com internet wi-fi a bordo em detrimento de outro com serviço de alimentos e bebidas.

Viagens de negócios X stress

O estudo mostra que executivos em viagens de negócios consideram o acesso ao wi-fi em suas viagens aéreas como uma importante ferramenta para gerenciarem sua carga de trabalho. Quarenta porcento dos entrevistados declaram que vêm viagens relacionadas ao trabalho como estressantes e 64% disseram que se sentem “batendo cartão” quando estão viajando a serviço de suas empresas. De fato, 50% dos viajantes corporativos frequentemente acabam viajando em voos noturnos porque precisam estar acessíveis para serem contatados durante o horário de trabalho. No entanto, 82% declararam, que ter wi-fi a bordo os ajudaria se manterem atualizados com seu trabalho.

Wi fi a bordo - OnAirFerramenta de trabalho

Entre os viajantes a negócios que ainda não haviam usado wi-fi a bordo, 87 % declararam que gostariam de verificar suas mensagens de e-mail e 63% que gostariam de se logar em sistemas relacionados aos seu trabalho, como ferramentas de vendas e relatórios, caso o acesso à internet estivesse disponível em um de seus futuros voos. Noventa e cinco por cento desses executivos declararam que ter wi-fi a bordo aumentaria a sua produtividade.

” A wi-fi a bordo vai se tornar uma importante ferramenta de produtividade para os passageiros corporativos, um benefício de retenção nos programas para passageiros frequentes e um grande gerador de receita para as empresas aéreas já durante esse período de baixa na economia mundial”, considera Berge Ayvazian, Senior Analyst do respeitado Yankee Group . “Este estudo demonstra a demanda latente por acesso à internet de banda larga nos voos e a ampla gama de negócios potenciais e aplicações potenciais existente.”

Uso também para lazer

No entanto, o acesso à internet wi-fi a bordo não se limita ao uso para negócios: entre os executivos que participaram da pesquisa, 72% a usam para checar seus e-mails pessoais, 49% para navegar pela web, 35% para assistir videos ou música, 28% para fazer compras online, 25% para jogar video games online e 22% para usar aplicações de networking social.

A pesquisa entrevistou 480 viajantes corporativos frequentes, 150 dos quais haviam usado internet wi-fi a bordo em voos no período entre 11 e 18 de agosto deste ano.

Pin It on Pinterest

Share This