Destinos Exterior

Egito, um destino exótico e fascinante numa viagem em dois tempos

Primeiro tempo: de São Paulo a Istambul

A escala das pirâmides do Egito impressiona e é ótima opção de passeio nem viagens de incentivo - Foto: Viagens de Fé

A escala das pirâmides impressiona

Talvez nenhum outro país estrangeiro tenha estado tão presente na vida dos brasileiros ao longo do tempo quanto o Egito, seja através das aulas de história, dos mais diversos filmes no cinema, dos livros e das notícias nos jornais e revistas.

Pirâmides, faraós, múmias, sarcófagos, técnicas de embalsamento, papiros, camelos, beduínos, oásis, miragens e o deserto têm feito parte, de uma maneira ou de outra das vidas de brasileiros de diversas gerações. Um olhar atento pelas nossas ruas, feiras e lojas descobre com facilidade papiros, pirâmides e até miniaturas de máscaras mortuárias.

Berço de uma das mais antigas culturas do mundo, há séculos o longínquo e exótico Egito atrai a atenção e excita a imaginação de aventureiros, exploradores, cientistas e, claro, turistas do Brasil e do resto do mundo. Logo, se faz parte do imaginário do brasileiro, passa a ser um destino interessante para viagens de incentivo e premiação.

O imperador Dom Pedro II, por exemplo, fez questão de visitar o país em 1871 e gostou tanto que repetiu a dose 1876, numa época em que essa viagem implicava em muitos dias a bordo de navios e trens.

Voando para o Egito via Istambul

Boeing 777-300ER -Turkish Airlines

O Boeing 777-300ER da Turkish Airlines faz a ligação do Brasil com a Turquia

Hoje, o trajeto do Brasil até o Egito é feito por avião e leva menos de um dia. Apesar de não serem oferecidos vôos diretos, a ligação é feita por um variado leque de empresas aéreas, que oferecem a opção de conexões na Europa, no Oriente Médio ou na África.

Os confortáveis assentos da Comfort Class da turkish Airlines se comparam aos das classes Executivas de outras empresas aéreas

Os confortáveis assentos da Comfort Class se comparam aos das classes Executivas de outras empresas aéreas

Não é preciso visto, basta estar com o passaporte em dia e ter o certificado de vacinação contra febre amarela.

Uma das opções de  transporte aéreo mais interessantes é a oferecida pela Turkish Airlines, em função do conforto dos aviões utilizados, da qualidade das refeições e do serviço de bordo, da ampla opção de entretenimento à disposição em cada poltrona, do tempo total de voo e da ótima estrutura do aeroporto de Istambul, na Turquia, usado para conexão. Essa foi, então, a minha escolha.

A Comfort Class, listada como Turística Premium, mas à altura de muita classe Executiva oferecida por outras empresas, permite viajar com acomodação e tratamento diferenciados por uma tarifa pouco superior à promocional praticada na classe Turística.

Aeroporto de Istambul

Aeroporto Ataturk , em Instambul, Turquia - divulgação

A conexão, que à primeira vista poderia ser considerada um ponto negativo para alguém desavisado, acaba se revelando muito positiva.

Uma simples visita à ampla área de embarque e trânsito do aeroporto de Istambul já é uma experiência enriquecedora.

Com sua localização estratégica, o aeroporto de Istambul serve de ponto de conexão para passageiros de todo o Oriente Médio, do Leste Europeu, da África e do resto do mundo, que com suas roupas, hábitos e línguas criam um fascinante caleidoscópio. Só sentar e observar já é um programa interessante, divertido e instrutivo.

Além disso, essa área oferece boas e variadas opções de alimentação, lojas free shop, de griffes e de conveniência, uma enorme sala Vip de vários andares e até mesmo um hotel.

Área de trânsito do aeroporto Ataturk , em Instambul, Turquia - divulgação

O intervalo entre a chegada do vôo do Brasil e a decolagem para a cidade do Cairo, capital do Egito, é de apenas três horas, tempo suficiente para um bom café turco, comprar algumas lembranças e se movimentar um pouco. E, claro, observar tudo!

Se tiver sorte, você poderá curtir os malabarismos dos atendentes dos dois quiosques que vendem sorvete, que ficam mexendo a massa com grandes espátulas de madeira.

O ideal, numa viagem de lazer ou de negócios, é transformar essas três horas num parada de no mínimo um dia para ajudar a dar o corpo se adaptar ao fuso horário, descansar um pouco e conhecer um pouco da mítica Istambul.

Se reservar só um dia para conhecer Istambul com certeza você vai se arrepender. É uma cidade para se conhecer com calma, olhos atentos, ouvidos bem abertos.

Mas não adianta reclamar, desta vez o nosso destino é o Egito. A Turquia e Istambul ficam para outra vez.

 

Pin It on Pinterest

Share This