Hospedagem

Hotel Ritz Paris será fechado para reformas

Esta é a logomarca do Hotel Ritz Paris

 

A partir do início do próximo verão europeu, o tradicional cinco estrelas Hotel Ritz Paris deverá ser fechado por um período de pouco mais de dois anos para passar por profundas reformas. A medida é uma dos reflexos de o Ritz Paris, de propriedade do bilionário egípcio Mohamed Al Fayed, ex-proprietário do tradicional magazine Harrod’s de Londres, não ter conseguido obter a cobiçada classificação “Palace”, que designa os hotéis de alto luxo na França.

Essa será a primeira vez que o hotel de 160 apartamentos e suites passa por uma reforma profunda desde 1979. Fundado em 1898 por Cesar Ritz e pelo chef Auguste Escoffier, o Hotel Ritz Paris sobreviveu a duas guerras mundiais e se tornou famoso pelas suas luxuosas instalaçoes e serviços, bem como por hospedar reis, rainhas, presidentes e personalidades como a estilista Coco Chanel, o ator e diretor Charlie Chaplin e o escritor Ernest Hemingway.

Duas das atrações do hotel, o restaurante  L’Espadon, duas estrelas no Guia Michelin e a tradicional escola de culinária Ritz-Escoffier, também deverão ser fechadas durante o período da reforma, que também deverá afetar os mais de 500 funcionários.

Pin It on Pinterest

Share This